Austrália será o primeiro país além da Coreia do Sul a receber atualização. Ideia é limitar a carga do componente para evitar superaquecimento e novas explosões.

Sourced through Scoop.it from: canaltech.com.br